Beleza

Hidratação para cabelos: mitos e verdades sobre o tratamento capilar

Ter cabelos saudáveis, brilhantes e sedosos é o sonho de toda mulher. Mas para conquistar o resultado esperado, existem etapas importantes nos cuidados com os fios, como a hidratação para cabelos. Esse tratamento já é indispensável para muitas de nós, mas mesmo assim ainda é cercado de mitos e verdades. 

Quem nunca ouviu falar que a hidratação não é indicada para cabelos oleosos? Existem muitos dilemas por trás do tratamento que, na maioria das vezes, não passam de boatos antigos. Quer apostar na hidratação para cabelos sem medo de ser feliz? Então confira o que separamos especialmente para você arrasar (e ter cabelos ainda mais luminosos e macios). 

A hidratação capilar deve ser feita toda semana?

Verdade. A hidratação faz parte de um cronograma capilar básico, que deve ser feito pelo menos uma vez por semana. Cada tipo de cabelo se adapta de um jeito à hidratação, por isso é importante respeitar o número máximo de duas hidratações por semana. Fios crespos e cacheados, podem fazer a hidratação para cabelos de 1 a 2 vezes na semana. Lisas e onduladas, uma vez.

Cabelos lisos não precisam de hidratação?

Mito. Todo tipo de cabelo precisa de hidratação, inclusive os lisos. A diferença de como a hidratação deve ser feita está relacionada à textura dos fios. Como os cabelos lisos têm maior facilidade de reter oleosidade, é essencial equilibrar o tratamento com outras etapas do cronograma, como a nutrição. A falta de hidratação para cabelos lisos pode resultar em fios ressecados e sem vida. 

A máscara de hidratação não deve ser usada na raiz do cabelo?

Verdade. A hidratação é essencial para equilibrar a umidade e a oleosidade que são, naturalmente, produzidas pelo couro cabeludo ao restante dos fios. Ou seja, a raiz do cabelo já tem sua parcela de hidratação. Acrescentar agentes hidratantes à região pode resultar em um efeito pesado no comprimento do cabelo. 

Hidratação capilar só pode ser feita no salão?

Mito. A hidratação para cabelos pode ser feita no salão e, também, em casa. Para isso, é essencial conhecer seu tipo de cabelo e comprar os melhores produtos para atendê-lo. Cabelos lisos, ondulados, cacheados, crespos, descoloridos e quimicamente tratados têm necessidades diferentes, apesar de buscarem pelo mesmo resultado com a máscara de hidratação

A hidratação para cabelos danificados deve ser diferente?

Verdade. Como falamos no tópico anterior, a hidratação difere para cada tipo de cabelo, principalmente os danificados e quimicamente tratados. Esses fios precisam de cuidados redobrados, já que perderam a umidade natural produzida pelo couro cabeludo. A hidratação é a primeira etapa no tratamento dos fios danificados, que ainda precisam de nutrição, reconstrução e remineralização. 

Deixar a máscara hidratante agir por mais tempo aumenta a hidratação?

Mito. Cada máscara de hidratação tem seu tempo específico descrito na embalagem. Deixar o produto agir por muito mais tempo do que o estipulado e sem enxágue pode causar um efeito rebote nos fios, deixando-os pesados, ressecados e sem brilho. Já a hidratação noturna para os cabelos deve ser feita com produtos sem enxágue. 

Você já cometeu algum desses errinhos na hidratação para cabelos? Agora, ficou muito mais fácil identificar mitos e verdades sobre esse tratamento capilar. Gostou das dicas? Não deixe de compartilhar! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.